Título: Influência do tipo e dose de cola nas características físico-químicas e sensoriais de vinho tinto do Dão
Autor: Chaves, Sonia Cristina Amaral Lila Pais
Palavras-chave: Vinhos
Colagem
Análise sensorial
Análise físico-química
Data: 2001
Resumo: O presente trabalho foi realizado na Comissão Vitivinícola Regional do Dão, e teve como principal objectivo o estudo da influência do tipo e dose de cola nas características físico-químicas e sensoriais de vinho tinto do Dão. Utilizou-se um vinho tinto proveniente de uma adega cooperativa, correspondente à colheita de 2000. Neste vinho foram aplicadas seis colas diferentes, em diferentes concentrações. As colas e concentrações aplicadas foram: Ovocol (5 e 8 g/hl), a combinação silisol+gelisol (40 e 60 ml/hl), PVPP (40 e 60 g/hl), Bentonite (40 e 60 g/hl), Casesol (20 e 30 g/hl) e Clara de ovo. Os resultados obtidos mostram a existência de diversas alterações na composição mineral, fenólica e sensorial do vinho tinto, em consequência da aplicação de colas. A aplicação de qualquer dos tratamentos de colagem melhorou as características sensoriais do vinho. A melhor cola foi o Casesol, tendo originado um vinho mais clarificado, com um sabor e aroma mais agradáveis, relativamente aos restantes ensaios.
Descrição: Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Engenharia das Ciências Agrárias – Ramo Agrícola.
Disponível na Biblioteca da ESACB na cota C30-22678TFCPAG.
URI: https://minerva.ipcb.pt/handle/123456789/2030
Tipo de Documento: Tese
Aparece nas colecções:ESACB - Engenharia das Ciências Agrárias - Ramo Agrícola

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
22678 (2).pdf959,55 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.