Title: Aleitamento natural e artificial de cabritos
Authors: Silva, Maria Leonor Rebelo da Conceicao
Issue Date: 1987
Citation: SILVA, Maria Leonor Rebelo da Conceicao (1987) - Aleitamento natural e artificial de cabritos. Castelo Branco : ESA. IPCB. Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Produção Animal.
Abstract: Em tempos recuados, pensa-se que a Península Ibérica estaria coberta de caprinos e que assim se manteve durante muito tempo até que, com o arrolamento de 1870, se apura que, Portugal, com 10,4 cabeças/ha e a Espanha com 9 cabeças/ha, são dos países com maior densidade caprina da Europa, apenas suplantados pela Grécia com 44 cabeças/ha. Os caprinos, por seu lado, têm estado integrados em sistemas de subsistência onde o seu leite e a sua carne representam uma significativa parte dos suplementos proteicos da dieta humana. No entanto, a falta de estudos sobre caprinos tem conduzido muito frequentemente à ideia de que a exploração de pequenos ruminantes nem sempre resulta, o que pode estar na base de um certo desaproveitar de tão original espécie. Na verdade, uma característica predominante da espécie caprina é a sua capacidade de sobrevivência com recursos naturais escassos e em condições agrestes, provavelmente dada a sua grande capacidade para o uso destes recursos. Apesar de tudo, com os sistemas de exploração tradicionais e inalteráveis há décadas, ou mesmo séculos, tem sido criada uma imagem, ainda hoje muito marcada, da cabra como um animal devastador, o que levou à sua depreciação e, talvez, a um importante atraso no adquirir de conhecimentos e técnicas que permitissem o seu melhor aproveitamento. Nos últimos anos, porém, este panorama modificou-se um pouco e, com o melhor conhecimento da espécie é provável que, cada vez mais se lhe venha a prestar mais atenção aproveitando-lhe o muito que nos pode dar. Em Portugal existem condições excelentes para a exploração caprina, condições estas que, aliadas a um verdadeiro interesse económico - especialmente acentuado cem a nossa adesão ao Mercado Comum Europeu, se torna indispensável maximizar e rentabilizar correctamente. É sabido que, com as nossas características edafo climáticas, possuímos condições óptimas para a exploração desta espécie pecuária e que, tal corno com os ovinos, o escoamento da produção está garantido, desde que consigamos produzir em quantidade e qualidade. É, pois, necessário não descurar todos os conhecimentos que temos vindo a adquirir e não deixar de considerar todas as hipóteses e métodos de exploração. Assim sendo, são de considerar, não só os sistemas de exploração tradicionais mas, também, a exploração intensiva que pode vir a ter a sua importância em determinadas condições. Estando em curso no Departamento de Ovinicultura da Estação Zootécnica Nacional, um ensaio sobre a produtividade da raça de caprinos serrana, iniciamos paralelamente o trabalho a seguir apresentado. Este tem como objectivos principais, comparar dois sistemas de aleitamento de cabritos, o natural e o artificial, verificando efeitos de um e outro sistema no crescimento dos cabritos ate ao desmame e o desencadear de processos patológicos, assim como suas implicações no maneio e rentabilidade da exploração. Durante o ensaio, fizemos, igualmente, observações sobre o comportamento péri-natal das cabras no que respeita às relações mãe-filhos. A melhor utilização pelos nossos produtores, das novas tecnologias aplicadas à criação animal, irá traduzir-se, temos a certeza, numa melhoria qualitativa da nossa exploração de pequenos ruminantes.
Description: Disponível na Biblioteca da ESACB na cota C30-6818TFCPAN ; C30-6833TFCPAN.
URI: https://minerva.ipcb.pt/handle/123456789/1423
Document Type: Thesis
Appears in Collections:ESACB - Produção Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RES_TFC_MAR_SIL.pdf1,66 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.