Título: Contributo para o estudo da dieta do Milvus milvus na área do Parque Natural do Tejo Internacional
Autor: Fernandes, Veronique Francoise
Palavras-chave: Tejo Internacional
Milhafre-real
Milvus milvus
Dieta
Egagrópilas/Regurgitações
Data: 2003
Citação: FERNANDES, Veronique Francoise (2003) - Contributo para o estudo da dieta do Milvus milvus na área do Parque Natural do Tejo Internacional. Castelo Branco : IPCB. ESA. Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Engenharia de Ordenamento dos Recursos Naturais.
Resumo: O estudo incidiu sobre a dieta do milhafre real (Milvus milvus) no Parque Natural do Tejo Internacional, uma das regiões do país mais importante para a biodiversidade das espécies. Foram identificados restos não digeridos e analisadas 137 egagrópilas recolhidas em três núcleos de nidificação, somando um total de 1184 presas. As aves e os mamíferos parecem ser as presas mais apetecidas desta espécie. Outras presas importantes em frequência de captura foram os peixes e anfíbios, sobretudo nos núcleos mais próximo de pontos de água. Estes dados vêm fortalecer o carácter oportunista da espécie, dado que a maior parte das presas na área de estudo foram capturadas nos 5 km em redor dos respectivos locais de nidificação. Daí a importância destes pontos para a conservação europeia da espécie, sobretudo tendo em conta que a as leis zoosanitárias em Portugal são claramente incompatíveis com a conservação de espécies ameaçadas de aves de rapinas necrófagas.
Descrição: Disponível na Biblioteca da ESACB na cota C30-24248TFCORN.
URI: https://minerva.ipcb.pt/handle/123456789/1164
Tipo de Documento: Tese
Aparece nas colecções:ESACB - Engenharia de Ordenamento dos Recursos Naturais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RES_TFC_VER_FER.pdf1,37 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.