Title: Idade e peso à puberdade em borregas Merino da Beira Baixa
Authors: Rodrigues, Joao Filipe Abreu
Issue Date: 1998
Citation: RODRIGUES, Joao Filipe Abreu (1998) - Idade e peso à puberdade em borregas Merino da Beira Baixa. Castelo Branco : IPCB. ESA. Relatório do Trabalho de Fim de Curso de Engenharia de Produção Animal.
Abstract: O trabalho desenvolvido teve como objectivos determinar a idade e o peso à puberdade em borregas da raça Merino da Beira Baixa (M.B.B.), bem como avaliar a importância do nível de suplementação no despertar da vida reprodutiva das fêmeas. O ensaio foi desenvolvido na Escola Superior Agrária de Castelo Branco e teve início no dia 5 de Fevereiro de 1997, tendo terminado no dia 23 de Outubro do mesmo ano. Foram utilizadas 32 borregas da raça M.B.B. nascidas entre 21 de Setembro e 17 de Outubro de 1996, divididas em dois grupos (n = 16) sujeitos a diferentes níveis de suplementação. Determinou-se a idade à puberdade através do doseamento de progesterona (P4) plasmática. Considerou-se que o animal estava púbere quando encontrado um conjunto de valores de concentração de P4 superiores a 0,5 ng/ml, correspondendo a um ciclo com fase lútea de duração normal - P1. Paralelamente, foi determinada a data a partir da qual o animal apresentava ciclicidade (mais do que um ciclo com fase lútea de duração normal - P2). A idade à puberdade (P1) apresentou diferenças significativas para P<0,05 entre os grupos de tratamentos (281.0 ± 42.1 vs 255.0 ± 42.4 dias). A esta idade à puberdade correspondem pesos de 30.0 ± 4.5 kg para o grupo 1 (76.6% do peso adulto) e 28.6 ± 3.7kg para o grupo 2 (80.2% do peso adulto), não se verificando diferenças significativas. Quanto à idade em que as borregas começaram a mostrar ciclicidade (P2), também se verificaram diferenças significativas entre os grupos de tratamentos (311.1 ± 34.2 vs 301.8 ± 47.0 dias), apresentando os animais nesta altura 31.4 ± 4.2 vs 31.9 ± 4.4 kg de peso. Também o mês de nascimento influenciou significativamente a idade e o peso à puberdade (P1), sendo de 257.2 ± 33.6 dias (com 28.1 ± 3.3 kg) e 297.9 ± 49.6 dias (com 31.9 ± 4.4 kg) nas borregas nascidas em Setembro e Outubro, respectivamente. A idade P2 ocorreu aos 295.9 ± 43.4 vs 329.7 ± 20.5 dias nos animais nascidos em Setembro e Outubro respectivamente, verificando-se diferenças significativas. À idade P2 registaram-se pesos de 30.3 ± 3.7kg vs 34.7 ± 3.9 kg. Neste trabalho, foi também possível verificar que o tipo de nascimento influenciou significativamente o peso a P1 (31.0 ± 3.8 kg vs. 28.1 ± 4.0 kg) e a P2 (33.8 ± 3.8 vs. 30.2 ± 4.2 kg) e também ao nascimento (2.94 ± 0.3 vs. 2.21 ± 0.6 kg), mas não influenciou a idade P1 nem P2.
Description: Disponível na Biblioteca da ESACB na cota C30-18664TFCPAN.
URI: https://minerva.ipcb.pt/handle/123456789/1109
Document Type: Thesis
Appears in Collections:ESACB - Engenharia de Produção Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RES_TFC_JOA_ROD.pdf2,21 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.